Artrose

O que é?

Também conhecida como osteoartrite, a artrose é uma doença de natureza inflamatória e degenerativa das articulações. Ela é provocada pelo desgaste das cartilagens que revestem as extremidades ósseas, causando dor e podendo levar a deformidades. A articulação do joelho é uma das mais afetadas em virtude de sua capacidade de suportar peso, assim como a coluna vertebral e os quadris.
Os pacientes com artrose se queixam de dor, falta de firmeza, estalos no joelho, rigidez e limitação dos movimentos.
Os números assustam. Segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde, cerca de 70% a 80% da população com mais de 65 anos possui artrose.
Além disso, a doença é considerada pelo Ministério da Previdência Social e do Instituto Nacional de Seguro Social do Governo Federal, a terceira causa de afastamento de trabalho no Brasil. A doença é tão comum que representa de 30% a 40% de todas as consultas em ambulatórios de reumatologia, além de afastar 7,5% dos trabalhadores.
No total são 10 milhões de brasileiros diagnosticados com artrose. Desses, só 40% realizam o tratamento prescrito pelo médico, segundo uma pesquisa das sociedades brasileira de Reumatismo, de Ortopedia e Traumatologia, de Medicina Física e Reabilitação e de Cirurgia do Joelho.

A artrose - Dr. Fernandes

Causas

As principais causas da artrose no joelho podem ser:

  • Desgaste natural da articulação, que ocorre devido à idade;
  • Estar muito acima do peso;
  • Traumatismo direto, como cair de joelhos, por exemplo;
  • Doença inflamatória associada ao uso indevido da articulação.

A artrose afeta principalmente pessoas com mais de 45 anos mas, se o indivíduo estiver muito acima do peso ou ter sofrido alguma lesão, ou ainda sofrer com doença inflamatória, pode desenvolver a artrose ainda jovem.

Pessoas com artrose no joelho podem sentir mais dor durante o inverno ou durante a mudança brusca de temperatura.

Sintomas

  1. Dor no joelho. Após esforços físicos. Essa dor pode melhorar com o repouso. Em fase mais avançada, as dores podem impedir o indivíduo de dormir à noite;
  2. Rigidez ao se levantar da cama de manhã ou após longos períodos de repouso. Geralmente, passa após 30 minutos ou quando começam as atividades normais do dia;
  3. Presença de estalos no movimento
  4. Inchaço e calor. Geralmente na fase inflamatória;
  5. Sensação de aumento de tamanho do joelho. Essa sensação deve-se ao crescimento dos ossos ao redor do joelho;
  6. Movimentos mais limitados. Dificuldade ao esticar o joelho totalmente
  7. Dificuldade em apoiar a perna no chão;
  8. Músculos da coxa mais fracos e mais atrofiados. Nestes casos é muito comum que os dois joelhos sejam afetados, mas seus sintomas podem ser diferentes de um para o outro e isto se deve ao grau de comprometimento de cada articulação.

Diagnósticos e Exames

O diagnóstico é feito por meio de exame clínico que, quando necessário, pode ser comprovado com a realização de ressonância nuclear magnética (RNM).

Tratamentos

Tratamento para artrose - Instituto Trata

O tratamento sempre terá como objetivo proteger as articulações e estimular a movimentação destas, a fim de evitar o processo de enrijecimento articular. A fisioterapia é um dos principais meios de tratamento para pacientes com dor no joelho ocasionada por osteoartrose.
O protocolo de reabilitação tem como foco o controle da dor e inchaço com recursos de Eletrotermofototerapia, correção biomecânia com exercícios de fortalecimento muscular, elasticidade, equilíbrio e treino sensório-motor.
Quando o grau da artrose do joelho é avançado, apresentando deformidades angulares da região, o tratamento cirúrgico pode ser indicado com osteotomias corretivas e, principalmente, substituição da articulação com próteses (artroplastias totais de joelho). Em alguns casos podem ser administrados medicamentos como analgésicos e anti-inflamatórios

Fisioterapia

A fisioterapia para artrose no joelho deve ser realizada preferencialmente todos os dias, nos momentos de maior dor. O fisioterapeuta deverá avaliar a articulação e traçar o melhor tratamento, respeitando as limitações do indivíduo. Nas sessões pode-se utilizar aparelhos anti-inflamatórios, exercícios de alongamento muscular e de fortalecimento.

Exercícios

Alguns exemplos de exercícios para artrose no joelho são o alongamento dos músculos das pernas, que pode ser feito sozinho pelo próprio paciente ou com a ajuda do fisioterapeuta, e andar de bicicleta. Mas, é importante que seja o fisioterapeuta a indicar estes exercícios, pois, quando realizados de forma errada ou quando a articulação ainda encontra-se muito dolorida, eles podem agravar a doença.